Violadas 2012, nº 5 – Márcio Souto

31/07/2012, 20:30 – Usina Cultural Energisa
Entrada Franca

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Empresário e triatleta é atropelado por ônibus em Cabedelo

Continua grave o estado de saúde do ciclista Werner Rudolf Wolf Junior, 29 anos, que sofreu um acidente na manhã desta terça-feira (24), durante um treinamento para o Campeonato Mundial de Triatlo, no município de Cabedelo, na região metropolitana da Capital paraibana.

A vítima passou por uma cirurgia no fêmur e está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

De acordo com a delegacia da cidade, Werner Rudolf foi atropelado por um ônibus da Prefeitura Municipal de Cabedelo quando o esportista estava pedalando pelo acostamento com outros colegas. O atleta teve fraturas expostas.

A Federação de Triatlon da Paraíba lamentou o acidente e disse que é corriqueiro ciclistas serem atropelados por falta de respeito dos motoristas.

O triatleta Werner Rudolf se classificou para participar do IronMan Brasil em 2013, na cidade de Florianópolis.

Através da rede social Facebook, amigos de Werner Rudolf fazem corrente de oração para a melhoria no estado de saúde do atleta.

Fonte: Hyldo Pereira/Portal Correio

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Descaso total na iluminação pública.

Gostaria por gentileza solicitar ao Ministerio Publico da Paraíba que pelo amor de Deus interceda entre nossos apelos junto a seinfra de Cabedelo, a mais de três meses estamos sem energia elétrica nos postes da Rua Golfo de Amundsen, já ligamos varias vezes e sempre a mesma coisa por telefone, falam que vão repassar a reclamação para
o pessoal de serviços e até agora nada, já entramos em contato tambem com a energisa que por sua vez segundo ela, recebe o dinheiro da taxa de iluminação publica e repassa para a Prefeitura de Cabedelo. Estamos tendo problemas tambem com usuários de droga que estão se prevalecendo do descaso por parte da Prefeitura que sempre foi geral para se drogarem nas proximidades de nossas casas.

Enviado por morador que preferiu não se identificar

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Vandalismo ou acidente?

Detectamos um estrago enorme na carapaça da tartaruga ornamental localizada no final da Avenida Mar vermelho, em Intermares. Um absurdo. Pedimos a quem saiba o que realmente houve, que deixe um comentário aqui no Site.

Por Rodrigo Castelo

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Nossa Tartaruga-de-Pente

A tartaruga-de-pente ou tartaruga-de-escamas (Eretmochelys imbricata), também conhecida pelos nomes de tartaruga-de-casco-vinho, tartaruga-legítima e tartaruga-verdadeira, é uma tartaruga marinha da família dos queloniídeos, encontrada em mares tropicais e subtropicais. Espécie criticamente ameaçada de extinção devido a caça indiscriminada, possui carapaça medindo entre 80 e 90 cm de comprimento, coberta por placas córneas imbricadas que fornecem um material utilizado na confecção de diversos utensílios.
A tartaruga-de-pente tem como habitat natural recifes de coral e águas costeiras rasas, como estuários e lagoas, podendo ser encontrada, ocasionalmente, em águas profundas. A espécie tem uma distribuição mundial, com subespécies do Atlântico e do Pacífico. Eretmochelys imbricata imbricata é a subespécie atlântica, enquanto a subespécie Eretmochelys imbricata bissa é encontrada na região do Indo-Pacífico.
Sua alimentação consiste em esponjas, anêmonas, lulas e camarões; sua cabeça estreita e sua boca formam um bico que permite buscar o alimento nas fendas dos recifes de corais. Eles também se alimentam de outros invertebrados, como por exemplo ctenóforos e medusas.
Devido às práticas de pesca humana, as populações de Eretmochelys imbricata ao redor do mundo estão ameaçadas de extinção e a tartaruga é classificada como criticamente ameaçada pela União Internacional para a Conservação da Natureza. Vários países, como a China e o Japão utilizam a carne da tartaruga-de-pente na alimentação. Os cascos das tartarugas-de-pente são usados para fins decorativos. De acordo com a Convenção Sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Extinção, é ilegal a captura e o comércio de tartarugas-de-pente e produtos delas derivados, em muitas nações.

Fonte: Wikipédia

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Descaso na Av. Mar Báltico

Acho que está fazendo 1 mês que colocaram esse lixo aki na Av. Mar Báltico em frente ao Edificio Ilha de Creta, o pior de tudo é que ninguém sabe dizer quem foi que fez isso. Não aparece um filho de Deus pra espalhar ou retirar da rua esse entulho ou lixo. Uma Vergonha!

Por Adilson Barbosa

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Dito e feito!

Anunciamos em publicações anteriores que pavimentação sem drenagem não dura muito tempo, dito e feito. A imagem acima mostra os primeiros reparos realizados na Rua Golfo de Biscaia, fruto da incompetência dos gestores públicos que tentam, a todo custo, enganar a população do bairro. Não adianta, somos esclarecidos.

Imagem enviada por morador de Intermares

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Descaso na Golfo de Botínia

Flagramos agora há pouco, a escuridão e o lamaçal que tomam conta da Rua Golfo de Botínia, em Intermares. O poste apagado fica em frente ao residencial Hawai. Deixamos mais uma imagem do abandono que toma conta do nosso bairro.

Por Avozdeintermares

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Parceria Fatospb!

Avozdeintermares inova trazendo um link do portal fatospb.com.br no lado direito da página. Essa parceria tem a finalidade de manter você, morador de Intermares, atualizado com as principais notícias da Paraíba, do Brasil e do mundo. O portal fatospb só vem a somar, numa forma mais rápida de informação à disposição dos Intermarenses.

Por Avozdeintermares

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Intermares contra a Dengue!

Carro da Dengue passando nas RUAS do BAIRRO!!!!
Vamos fazer nossa parte… TODOS contra a Dengue!

A prevenção é a única arma contra a doença.

A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d’água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, dentre outros.
Se você ver algo nas ruas que possam levar ao acúmulo de água, jogue no lixo, tente fazer sua parte, juntos somos mais fortes que esse mosquito!

Por Eclésio Oliveira – Grupo Praia de Intermares – facebook

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário